quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Silêncio Sepulcral


E de repente a noite se torna fria
Um silêncio sepulcral toma conta do
mais íntimo de mim
Íntimo tal de onde nasce
Os mais belos sentimentos
Porém é a dor que parece não ter fim

Sinto meu peito arder em chamas
Como se um vulcão tivesse a explodir
Uma lágrima chama a outra
e mais outra e mais outra...

Maldita dor que não quer sair
Maldita dor que não quer ir embora...
Ancorado sobre o meu coração...
Parece que suas correntes quebradas
Já não tem mais forças pra me deixar fugir.

Tento me lembrar de ao menos um momento
Apenas de um momento bom
Porém é como se entrasse num coma profundo..
Tento me levantar
Tento falar
Tento sorrir
Tento gritar...

Sufocado por minhas próprias angústias
Perco o chão por onde tento pisar
De joelhos caio ao chão
Entre soluços e preces
Peço, suplico a Deus que me mude..
Que me acalme..
Que me leve ao céu...

Que me leve a qualquer lugar

~ 1 comentários: ~

Jéssica Correia says:
at: 15 de março de 2011 20:30 disse...

Beeeeem nessa Diih, eu tbm fico indignada com essas pessoas que ficam falando que eu não estou orando direito, ou que preciso orar mais, ou Deus é muito fofoqueiro, ou realmente eles tem que levar seus 'aparelhinhos' para a assistência técnica!

+

Blogger templates

Popular Posts

Blogger templates

Blogroll

About